Quick Tips: Redirecionar Logs do MDT usando SLShare e SLShareDynamicLogging

Olá Pessoal,

Voltando com a serie Quick Tips hoje vou apresentar uma dica muito bacana sobre os logs gerados pelo processo de Deployment quando usamos o Microsoft Deployment Toolkit, todos os logs gerados pelos passos da Task Sequence e scripts usados nesses passos ficam por padrão no computador ao qual estamos implantando, e isso pode ser um problema caso ocorra algum problema durante o processo e precisarmos fazer a analise desses logs principalmente quando algum erro ocorra nos passos do Windows PE.

Onde os Logs ficam armazenados?

Os logs ficam armazenados em três locais distintos dependendo do momento do Deployment, esses locais são os seguintes:

  • X:\MININT\SMSOSD\OSDLOGS – Os logs são gravados nesse caminho quando a partição ainda não foi criada e formatada;
  • C:\MININT\SMSOSD\OSDLOGS – Os logs são movidos para a unidade C:\ após a mesma ser criada e o Windows instalado;
  • C:\WINDOWS\Temp\DeploymentLogs – Os logs são movidos novamente após o processo de deployment ser concluído.

Redirecionando os logs do MDT para o Servidor

1. Antes de configurar o MDT para redirecionar os logs precisamos criar uma pasta no servidor e fazer um compartilhamento administrativo (Ex. \\DeploymentServerName\MDTLogs$) dando permissão de modificar para o mesmo usuário que tem acesso no Deployment Share.

2. Abra o Deployment Workbench e acesse as propriedades do Deployment Share (esse processo pode ser feito em ambos Deployment Shares Criação de Imagem e Produção), clique na aba Roles e adicione os seguintes parâmetros.

SLShare=\\Deploymentservername\MDTLogs$ 
SLShareDynamicLooging=\\Deploymentservername\MDTLogs$\%OSDComputerName%

O parâmetro SLShare vai redirecionar todos os logs gerado pelos scripts quando todo o processo de Deployment terminar seja com status de sucesso ou falha, já o SLShareDynamicLogging é usado para redirecionar um arquivo de log chamado BDD.log que grava tudo que acontece no deployment de forma dinâmica e em tempo real, como esse arquivo sempre terá o mesmo nome usamos uma variável chamada %OSDComputerName% para colocar cada arquivo BDD.log em uma pasta com o nome do seu respectivo computador.

CustomSettings.ini com parâmetros SLShare e SLShareDynamicLogging definidos.

/Excelente Deployment a todos.

Eduardo Sena é Microsoft MVP Windows and Devices for IT, especialista em Windows Deployment Solutions em ambientes corporativos, sempre envolvido em ações na comunidade, comunnity leader no WSG – Window Study Group e Quintas da TI, Eduardo é conhecido por sua especialização com ferramentas para deployment como MDT, ADK, WDS e USMT.

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: